Nove em cada dez celulares perdidos são violados por quem os encontra

Estudo da Symantec, realizado pela priemira vez, no Brasil, atesta a vulnerabilidade dos dados pessoais e corporativos em smartphones desprotegidos

Resultados da versão brasileira do projeto Honey Stick, da Symantec, realizado pela primeira vez na América Latina entre outubro e novembro de 2013, comprovam a vulnerabilidade dos dados pessoais e corporativos em smartphones desprotegidos. Para realizar o estudo, foram “perdidos” 30 smartphones em três capitais brasileiras – São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Nove em cada dez smartphones perdidos tiveram dados pessoais e profissionais indevidamente acessados por quem os encontrou. E em apenas 27% dos casos, houve a tentativa de devolução do celular.

Os dispositivos móveis utilizados foram modificados para que a Symantec pudesse monitorar remotamente tudo o que pessoas fizessem com os aparelhos, como, ligações telefônicas, acesso aos aplicativos, documentos e fotos, por exemplo. A maioria deles (83%) foi acessada para obter informações pessoais e usar aplicativos particulares. No caso de acesso a informações empresariais e aplicativos de trabalho este número caiu para 53%; e 47% dos equipamentos foram acessados para obter ambas informações – pessoais ou profissionais.

Em média, o primeiro acesso foi realizado cerca de três horas depois do aparelho ter sido perdido _ em metade dos equipamentos esse primeiro acesso foi realizado antes do intervalo de uma hora. A maioria (70%) dos aparelhos perdido apresentou acesso a fotos e 47% a redes sociais e senhas; 40% registraram tentativa de acesso a serviços bancários; 37% a planilha de salários; e 30% a e-mails corporativos.

Em São Paulo, dos dez aparelhos perdidos, oito foram acessados – seis para obtenção de dados pessoais e, quatro para informações corporativas. Em Brasília, metade dos telefones foi acessada para a busca de dados pessoais e a outra metade para informações corporativas. No Rio de Janeiro, nove smartphones foram acessados e todos para obtenção de  informações pessoais.

FONTE: http://cio.com.br/noticias/2014/01/06/nove-em-cada-dez-celulares-perdidos-sao-violados-por-quem-os-encontra/

Postado por: Cristina Andrade

Leave a Reply