Cristiano Ronaldo e Messi são os jogadores mais perigosos na internet, aponta pesquisa

A McAfee divulgou os resultados do estudo que avalia os “perigos” oferecidos por pesquisas por nomes de futebolistas na web. A análise focou em jogadores que estarão no Brasil durante a Copa do Mundo, e o líder do ranking dos mais “perigosos” é o português Cristiano Ronaldo, com buscas que tem 3,76% de chance de trazer alguma ameaça ao computador do usuário – apenas 0,04% a mais do que o argentino Lionel Messi.

Eleitos primeiro e segundo melhores do mundo na eleição da FIFA deste ano, os dois craques são seguidos pelo goleiro espanhol Iker Casillas, com 3,34%. Em quarto lugar vem Neymar, com 3,14%, e em quinto aparece o relativamente desconhecido Karim Ziani, da Argélia, com 3% de percentual de risco segundo a análise.

O estudo levou em conta apenas páginas relacionadas aos nomes de cada um dos jogadores que estarão na Copa do Mundo, e aproveita o interesse de internautas pelo mundial. Segundo comunicado emitido pela McAfee, o evento deve chamar atenção também de cibercriminosos, que tentarão atrair possíveis vítimas para sites maliciosos oferecendo wallpapers e diversos outros tipos de conteúdo.

A avaliação foi feita pelos pesquisadores usando o SiteAdvisor, ferramenta da própria empresa que determina os riscos oferecidos por cada página. O percentual geral calculado, por sua vez, se refere à probabilidade de um usuário cair em “um site testado positivamente como portador de spyware, adware, spam, phishing, vírus e outros malware”.

Prevenir-se disso não é difícil: baixe conteúdos apenas de fontes confiáveis e, por via das dúvidas, mantenha um antivírus instalado e atualizado no PC.

Untitled 1

FONTE: Info Abril

Postado por: Iracema Teixeira

Leave a Reply