Por que a geração Millenium deve preocupar-se com a Internet Segura?

447590806_581710469433763825_613230043_774211723408721726

 

2014 ensinou que empresas, governos ou consumidores não estão a salvo de violações de dados. E as ameaças cibernéticas só tendem a aumentar, especialmente à medida que mais e mais dispositivos estão conectados à web.
 
Então, o que a geração Millenium pode fazer para preparar nossa sociedade para um futuro seguro? O tema vem à tona quando o mundo celebra o Dia da Internet Segura – realizado com o objetivo de conscientizar para os riscos da web e como minimizá-los.
 
Hoje, o cibercrime acontece em todos os lugares – enquanto isso, Milleniuns têm a oportunidade de reivindicar essa nova fronteira
Millennials ocupam uma posição única entre os colegas geracionais. Os Milleniuns são responsáveis por ajudar a educar as gerações mais jovens, assim como os adultos presos aos seus velhos hábitos sobre cibersegurança e como ser um usuário responsável na web.
 
Em 2014, os ciberataques globais aumentaram 48% e os custos para as empresas têm crescido para mais de US$ 12,7 milhões de dólares por ano. Millennials são nativos digitais. Com esse poder, vem a responsabilidade de comandar o território de forma responsável.
 
O campo de segurança cibernética está enfrentando uma escassez global de profissionais qualificados de TI
Estimativas nos Estados Unidos indicam que de 500 mil a 1 milhão de postos de trabalho de segurança cibernética não foram preenchidas, de acordo com o relatório 2014 Cisco Annual Security Repor. Nos últimos cinco anos, as ofertas de trabalho na área saltaram 74%. Cabe ao Millennials espalhar a importância da segurança cibernética e os próximos passos que devem ser tomados.
 
Millennials estão interessados, mas sem informações sobre a profissão de segurança cibernética
Quase dois terços dos Millennials não sabem ou não têm certeza do que é a profissão de segurança cibernética, de acordo com pesquisa patrocinada pela Raytheon e a National Cyber Security Alliance. Sessenta e três por cento disseram que não tinham certeza ou não sabiam as responsabilidades e as tarefas envolvidas nessa profissão. 
 
O Dia da Internet Segura é um exemplo de construção de consciência em torno da segurança cibernética entre os jovens, mas temos de continuar essa jornada.
 
A Internet está mudando rapidamente e os novos riscos de segurança cibernética crescem a cada dia
Os ataques de alto perfil de 2014 voltaram as atenções do mundo para questões como a proteção de dados, criptografia, privacidade e vigilância. O que 2015 reserva para nós? Pagamentos móveis por meio de tecnologias vestíveis, por exemplo, abre oportunidades para hackers.
 
Os Millennials são conhecidos pela nossa capacidade de adaptação e de mudança. Quando se trata de segurança cibernética, podemos aplicar nossos talentos em um campo onde eles são extremamente necessários. Então, pergunte a si mesmo, o que os Millennials podem fazer para ajudar a tornar o futuro do nosso mundo conectado seguro? 

 

Postado por: Iracema Teixeira

Leave a Reply